Agradeço a todas as visitas e comentários! Seja bem vindo!!! Que Deus abençoe a tua vida!

sexta-feira, 26 de outubro de 2007

Fé é Relacionamento

“sem fé é impossível agradar a Deus, pois quem dele se aproxima precisa crer que Ele existe e que recompensa aqueles que o buscam”

Pesquisas feitas no Brasil sempre mostram que o brasileiro acredita em Deus. Numa das pesquisas mais recentes que foi feita entre jovens de todo o país, 99% dizem acreditar em Deus. Mas, acreditar seria o mesmo que crer ou ter fé em Deus? O que afinal significa para alguém dizer que acredita em Deus? Ao dizer que acredito em Deus estou dizendo que creio nele ou, que a minha fé está depositada em sua pessoa? Outra pergunta que ainda carece de resposta é: de que deus se está falando?

Se crer e acreditar são a mesma coisa que confiar ou ter como verídico, o que seria então a fé? Seria somente uma crença em doutrinas de uma determinada religião? O autor da carta bíblica aos Hebreus dedica todo um capítulo a falar da fé. Ele cita vários exemplos de fé e, para começar, dá uma definição: “Ora, a fé é a certeza daquilo que esperamos e a prova das coisas que não vemos” (Hebreus 11. 1). Sem dúvidas uma definição mais clara e original que alguns dos nossos melhores dicionários conseguem dar!

Todos os exemplos de fé citados em Hebreus 11 referem-se a pessoas que basearam essa fé no Deus que criou todas as coisas, o Deus revelado na Bíblia. Logo, chegamos à conclusão de que a fé não é algo em si mesmo, ou seja, se eu digo que tenho fé é porque eu tenho fé em... Assim, ao crer que a fé produz resultados, que ela é importante na minha vida, isso só acontece porque o “objeto” da minha fé o permite. Por isso, se eu disser apenas que ‘tenho fé’, é totalmente sensato alguém questionar: ‘sim, mas fé em quem?’ Já menos sensato seria um questionamento do tipo ‘fé em quê?’ Afinal, nesse caso, a fé seria apenas algo em si mesmo, onde a pessoa apenas projeta em algum objeto palpável e visível a esperança por um pouco de sentido na vida.

O que estamos querendo dizer é que a fé sempre depende de um outro. Ter fé, assim, não é o suficiente, por mais que isso possa trazer benefícios a alguém. Quando falamos de uma fé em nos referimos à fé como relacionamento. E eu não posso me relacionar apenas comigo mesmo, tampouco com um mero objeto inanimado. Um relacionamento só acontece entre duas ou mais personalidades. Caracteriza-se pela proximidade, pelo contato, pela convivência com alguém outro que possui a mesma liberdade que eu quero ter para dizer sim ou não.

Relacionamentos pressupõem diálogo e interação. Relacionamentos podem ser quebrados e reatados. Nenhuma vida humana pode ser plena sem relacionamentos. Se o Deus da humanidade nos criou seres relacionais, é porque Ele mesmo é um Deus relacional. Nem mesmo Ele optou por viver só. Deus nos criou para ter com quem se relacionar. E se em qualquer relacionamento humano as pessoas exigem confiança, também na relação com Deus é preciso crer. Sem confiança não há entrega. Sem entrega não há relacionamento. Eu não me agradaria com um relacionamento onde o outro não confia em mim. Da mesma forma “sem fé é impossível agradar a Deus, pois quem dele se aproxima precisa crer que Ele existe e que recompensa aqueles que o buscam” (Hebreus 11. 6). A diferença é que a minha confiança em outra pessoa é limitada pela imperfeição de ambos. Em Deus encontro a perfeição do amor, a soberania e o poder ilimitado de alguém superior a mim.

Ah, antes dissemos que os relacionamentos podem ser quebrados. Foi isso o que aconteceu entre Deus e a humanidade lá no Jardim do Édem. Mas, não desanime! Deus nos ama demais para nos deixar neste mundo a mercê da própria sorte. Ele mesmo veio a este mundo na pessoa de Jesus Cristo para reatar o relacionamento conosco. E como já disse o Apóstolo Paulo: “se quando éramos inimigos de Deus fomos reconciliados com Ele mediante a morte de seu filho, quanto mais agora, tendo sido reconciliados, seremos salvos por sua vida!” (Romanos 5. 10). É por isso que eu creio em... Que eu tenho fé em... Somente em Jesus!

Um comentário:

CresceNet disse...

Oi, achei seu blog pelo google está bem interessante gostei desse post. Gostaria de falar sobre o CresceNet. O CresceNet é um provedor de internet discada que remunera seus usuários pelo tempo conectado. Exatamente isso que você leu, estão pagando para você conectar. O provedor paga 20 centavos por hora de conexão discada com ligação local para mais de 2100 cidades do Brasil. O CresceNet tem um acelerador de conexão, que deixa sua conexão até 10 vezes mais rápida. Quem utiliza banda larga pode lucrar também, basta se cadastrar no CresceNet e quando for dormir conectar por discada, é possível pagar a ADSL só com o dinheiro da discada. Nos horários de minuto único o gasto com telefone é mínimo e a remuneração do CresceNet generosa. Se você quiser linkar o Cresce.Net(www.provedorcrescenet.com) no seu blog eu ficaria agradecido, até mais e sucesso. (If he will be possible add the CresceNet(www.provedorcrescenet.com) in your blogroll I thankful, bye friend).

Veja Também:

Related Posts with Thumbnails