Agradeço a todas as visitas e comentários! Seja bem vindo!!! Que Deus abençoe a tua vida!

terça-feira, 3 de julho de 2012

Até Quando?

No Antigo Testamento o profeta Habacuque começa seu livro questionando: “Até quando, SENHOR...?” Quando olhamos a maldade a nossa volta também perguntamos: Se Deus existe porque os perversos quase sempre prosperam? Onde está Deus em meio a tudo isso? Na história vemos que a humanidade sempre conviveu com essa angústia frente às injustiças sociais, violência e morte.

Olhando ao redor vemos uma realidade de opressão, injustiça e violência que parece se agravar a cada dia. A criminalidade aumenta. Miséria, fome e injustiça estão em toda parte. Nossas vilas e bairros estão abandonados pelos órgãos públicos. Na saúde pessoas ficam horas em filas, jogadas em macas ou mesmo no chão pelos corredores de hospitais superlotados. Os remédios são caros. Quem tem dinheiro procura atendimento particular e se livra um pouco do caos. Na educação as escolas públicas vivem uma realidade onde professores mal remunerados precisam encontrar motivação para levar adiante o seu trabalho de ensinar. Com a educação fundamental precária os mais carentes ficam longe de um curso superior. No Brasil, quem pode pagar por uma educação de base entra na universidade pública e, quem tem menos condições, se quiser buscar formação superior, precisa desdobrar-se para pagar um curso particular. As coisas se invertem! Na segurança outro caos. O cidadão ergue grades, muros e instala alarmes fazendo de sua casa uma prisão. Os bandidos estão cada vez mais livres para fazer o que querem. Roubos, assaltos, estupros e sequestros são coisas normais no país.

Poderíamos falar ainda do tráfego de drogas, da prostituição e facções criminosas que recrutam menores abandonados pelos pais, pelo governo e pela igreja. Poderíamos lembrar ainda as pessoas que desiludidas da vida e sem esperança procuram fugir da realidade em frente a TV, na internet, no jogo, nas drogas, no álcool ou outro vício qualquer. Nossa indignação aumentaria - quem sabe - se percebêssemos em meio a isso tudo, muitos políticos, empresários e religiosos se aproveitando para explorar a ingenuidade e boa fé do povo. São os parasitas da sociedade vivendo à custa da miséria e ignorância alheia.

Quando percebemos essa realidade é fácil gritar com o profeta: “Até quando, SENHOR”? Onde tu estás em meio a toda essa dor, injustiça e opressão? Mas, para refletirmos, quero propor outra pergunta. Nós facilmente gostamos de encontrar alguém para culpar ou responsabilizar pelas nossas mazelas. Uma pergunta é: Onde está Deus no meio de tudo isso? Outra pergunta seria: Onde está o ser humano no meio de tudo isso? Uma coisa é perguntar: Por que Deus permite que essas coisas aconteçam? Outra coisa é perguntar: Por que nós, seres humanos, permitimos que essas coisas aconteçam?

Um comentário:

António Jesus Batalha disse...

Há algum tempo que não visitava o seu blog, hoje encontrei-o e demorei algum tempo a ver o que escreveu, fiquei maravilhado pois pode ver como está se preocupando com o próximo. Continue a proclamar o bom nome de Jesus e a edificar exortar e consolar os corações daqueles que precisam de Jesus. Sou feliz porque sei que nos iremos encontrar um dia, e receber o galardão dos nossos feitos.

Veja Também:

Related Posts with Thumbnails