Agradeço a todas as visitas e comentários! Seja bem vindo!!! Que Deus abençoe a tua vida!

segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Do Pó da Terra

Verão é tempo de praia. Quando vamos à praia vemos que as crianças gostam muito de brincar na areia. E, a brincadeira predileta delas é moldar castelos e outras figuras com a areia molhada. Talvez você já tenha visto artistas talentosos capazes de moldar figuras perfeitas, verdadeiras obras de arte na areia. Trata-se de um trabalho minucioso que exige paciência e sensibilidade. Os artistas mais habilidosos são capazes de criar esculturas do corpo humano, por exemplo, que chamam a atenção de todos que passam. Existem, inclusive, concursos de escultura na areia.

Ao lermos a Bíblia, que a Igreja considera oficialmente a sua principal fonte doutrinária, já no início dela, encontramos Deus criando todas as coisas. No sexto dia Deus criou o ser humano. É interessante notarmos que Deus molda o ser humano a partir de elementos já presentes na criação: “o Senhor Deus formou o homem do pó da terra” (Gênesis 2.7). Talvez por isso, muitas vezes escutamos pessoas referindo-se a Deus como um grande artesão. Observando as esculturas de areia e, apenas o texto de Gênesis como reproduzido acima, o que vemos é um corpo humano sem vida. Talvez o artista moldando figuras humanas com a areia da praia seja o mais próximo que podemos chegar dessa versão primitiva da criação. A própria palavra homem vem do latim humanus, que deriva de homo e está relacionado à humus, “terra”, pela noção de “seres da Terra”.

Diferente da maioria dos artistas que podem levar sua obra de arte de um lugar ao outro e até oferecê-las de presente ou vendê-las, o artista da praia tem diante de si o seu trabalho por apenas alguns momentos. A fragilidade das esculturas de areia não permite o seu deslocamento. Logo o vento e as ondas da maré alta ou mesmo vândalos fazem com que aquela figura escultural volte a ser somente pó. Tudo o que se pode fazer é registrar a imagem através de uma câmera. Aqui chegamos também na grande diferença entre Deus e o ser humano. Trata-se da diferença entre Criador e criatura. Embora ambos recriem a partir dos elementos já disponíveis, somente Deus oferece o fôlego de vida, tornando o ser humano um ser vivente (Gênesis 2.7). Isso porque Deus não apenas cria do pó, mas Ele é aquele que deu origem também ao pó. Aquele que criou todas as coisas é também o doador da vida! “Então o Senhor Deus formou o homem do pó da terra e soprou em suas narinas o fôlego de vida, e o homem se tornou um ser vivente” (Gênesis 2:7). Inconformados com nossa fragilidade, procuramos reproduzir imagens que nos eternizem! Não esqueçamos, porém, que a nossa existência está em Deus, aquele que criou todas as coisas e que tem o sopro da vida!


Este é o primeiro artigo de uma série sobre Justificação. Procuramos esclarecer a diferença entre a doutrina da reencarnação e a Justificação em Jesus Cristo. Leia os outros textos:

Espírito x Matéria

Ressurreição x Reencarnação

2 comentários:

André B. S. disse...

Muito bacana a postagem.

Este blog continua maravilhoso.

Parabéns, Deus te abençoe!

Antonio Batalha disse...

É bom encontrar postagens que se possa ler e meditar, é bom encontrar irmãos que se esforçam para se manterem íntegros, que se afastam do pecado, e o desmascaram. É bom encontrar irmãos que amam mais a Jesus do que a posição que ocupam. É bom encontrar irmãos que se alegram na verdade e falam dela como uma forma de vida, Isto alegra o coração de Deus, e traz verdadeira recompensa. A pessoas assim deixo um abraço em Cristo Jesus, e que a paz e a graça de Jesus sature o seu coração.

Veja Também:

Related Posts with Thumbnails